domingo, 15 de Março de 2009

PALAVRAS OCULTAS DE BAHÁ'U'LLÁH


Um trabalho de Marco António Oliveira

Comunidade Bahá’í de Portugal , página Oficial

What is the Bahá’í Faith?

Let Your Vision Be World Embracing…” Bahá’u’lláh



Palavras Ocultas” é um verdadeiro guia ético e moral. São textos curtos, revelados em 1858, escritos em árabe e em persa.

O livro é considerado como o Livro Oculto de Fátima, o qual, segundo se acredita, o Anjo Gabriel revelou por intermédio do Imame Ali para consolar a filha angustiada de Maomé após a morte do Profeta.

O livro teria ficado oculto do mundo, até que volta a aparecer através de Bahá'u'lláh, que torna seu conteúdo conhecido de todos. Seu misticismo é refinado e corresponde em seu conteúdo a tudo o que há de divino e sagrado em todos os ensinamentos religiosos do passado.

É como a coroação do saber divino em pequenas gotas de sabedoria transcendente. É óptimo material para se ler diariamente, meditar e tornar práticos seus ensinamentos.

Ao todo, são 153 conselhos apresentados no livro, mostrando principalmente o subtil poder destrutivo do eu inferior, sendo o homem advertido da necessidade de lutar, incessantemente contra esse poder em todas as suas formas, tendo como orientação o conhecimento divino:

Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Meu primeiro conselho é este: Possui um coração puro, bondoso e radiante, para que seja tua uma soberania antiga, imperecível e eterna. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO ESPÍRITO!

A mais amada de todas as coisas, a Meu ver, é a Justiça, não te desvies dela, se é que Me desejas, nem a descures, para que Eu em ti possa confiar. Nela te apoiando, verás com teus próprios olhos e não com os alheios, saberás pela tua própria compreensão e não pela compreensão de teu semelhante. Pondera isto em teu coração: como incumbe ser. Em verdade, a justiça é Minha dádiva a ti e o sinal de Minha misericórdia. Guarda-a, pois, ante os teus olhos. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO HOMEM!

Velado em Meu Ser imemorial e na eternidade antiga de Minha Essência conheci Meu amor por ti e assim te criei, gravando em ti Minha imagem e revelando-te Minha beleza. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO HOMEM!

Amei tua criação; por isso te criei. Ama-Me, pois, para que Eu possa mencionar teu nome, e te inundar a alma com o espírito da vida. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO SER!

Ama-Me, a fim de que Eu te possa amar. Se não Me amas, de modo algum pode o Meu amor te atingir. Sabe isto, ó servo! (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó Filho do Ser!

Teu paraíso é o Meu amor; teu lar celestial, a reunião Comigo. Entra nele e não tardes. Isso é o que te foi destinado em Nosso Reino nas alturas e em Nosso excelso Domínio. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO HOMEM!

Se me amas, não te prendas a ti mesmo; e se buscas Meu prazer, não consideres o teu próprio; para que tu morras em Mim e Eu possa viver eternamente em ti. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Nenhuma paz te é destinada, a não ser que renuncies a ti mesmo e te voltes para Mim; porque deves ufanar-te de Meu nome e não do teu, em Mim pôr tua confiança, e não em ti próprio; pois desejo ser amado Eu só e acima de tudo o que existe. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO SER!

Meu amor é Minha fortaleza; quem nela entrar estará salvo e seguro; e quem dela se afastar, por certo se desviará e haverá de perecer. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DA PALAVRA!

Tu és Minha fortaleza; nela entra, para que ali possas habitar em segurança. Meu amor está em ti; conhece-o, a fim de que Me possas encontrar próximo de ti. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DA PALAVRA!

Volve tua face à Minha e renuncia a tudo salvo a Mim, pois Minha soberania perdura e Meu domínio não perece. Se buscares outro que não seja Eu, ainda que procures eternamente no universo tua busca será em vão.

(Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Eu te criei rico; por que te empobreces? Nobre te fiz; por que te rebaixas? Da essência da sabedoria, Eu te concedi a existência; por que buscas iluminação de outro, senão de Mim? Da argila do amor, te moldei; como é que te ocupas com outro? Volta teus olhos a ti mesmo, a fim de que, dentro de ti, Me possas encontrar, forte, poderoso, O que subsiste por Si Próprio. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO HOMEM!

Tu és Meu domínio, e Meu domínio não perece; por que temes perecer? És Minha luz, e Minha luz jamais se extinguirá; por que receias extinção? És Minha glória, e Minha glória não se esvaece; és Minha vestimenta, e Minha vestimenta jamais se desgastará. Permanece firme, pois, em teu amor por Mim, a fim de me encontrares no Reino da Glória. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DA LUZ !

Esquece-te de tudo, menos de Mim, e comunga com Meu Espírito. Eis a essência de Meu mandamento; volve-te, pois, a isso. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ö FILHO DO ESPÍRITO!

Não me peças o que Nós não te desejamos; que estejas contente, então, com aquilo que ordenamos por amor a ti, pois é o que te dará proveito se com isto te contentares. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Nobre Eu te criei, mas tu te tens rebaixado. Eleva-te, pois, àquilo para que foste criado. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO SER!

Como pudeste esquecer as tuas próprias faltas e ocupar-te com as alheias? Quem assim fizer, será por Mim abominado. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Ó FILHO DO HOMEM!

Nem sequer sussurres os pecados alheios enquanto tu próprios fores pecador. Fosses tu transgredir este mandamento, mal aventurado serias, e disso dou testemunho. (Livro “As Palavras Ocultas de Bahá’u’lláh”)

Sem comentários: